Ainda precisamos do casamento em um mundo milenar? Dois escritores compartilham suas visões muito diferentes